Carregando
Ordenar por:   Relevância   |   Título   |   Por data (mais novo ao mais antigo)
550 resultados encontrados
Geral: fornecer aos alunos um primeiro panorama da diversidade animal e vegetal (grandes linhagens e morfologia), sob a perspectiva histórica/evolutiva/ecológica. Específico: Espera-se que, ao fim da disciplina, os alunos: - Tenham uma visão geral da incomensurável diversidade dos seres vivos, em contraste com a perspectiva simplista leiga, focalizando principalmente nas primeiras grandes linhagens filogenéticas, cujos grupos mais relevantes serão tratados em maior detalhe em outras disciplinas do curso; - desenvolvam noções de perspectiva e de hierarquia da complexidade biológica (estrutural e táxica); - conheçam as teorias atuais sobre a origem da vida e as relações filogenéticas entre as grandes linhagens de seres vivos, fósseis e viventes; - compreendam as dimensões não-somáticas da evolução (memes, evolução cultural e religiosa); - compreendam os contrastes entre as perspectivas humanistas e biológicas sobre o mundo natural, e seus efeitos sobre as condutas éticas.
Objetivos Geral: Dar aos alunos noções fundamentais sobre os aspectos gerais do metabolismo celular, seus mecanismos de regulação e bioenergética. Específico: Desenvolver nos alunos a habilidade de interpretar, resolver exercícios, responder a questões, tirar conclusões e desenvolver atividade crítica que permita análise objetiva dos processos do metabolismo celular.
Essa aula introduz o aluno aos delineamentos experimentais, suas principais características e sua utilidade.
Nesse vídeo discutimos, por meio de um exemplo, as características de um delineamento de grupos aleatórios. Também são discutidos os conceitos de validade interna e validade externa, bem como as ameaças à validade interna e externa de um experimento.
Nesse vídeo são discutidos alguns delineamentos experimentais: delineamentos de grupos pareados, delineamentos de grupos naturais e delineamentos de medidas repetidas. Exemplos são explorados para o entendimento das características de cada delineamento.
Este vídeo discute abordagens quase experimentais na pequisa em Psicologia: seu uso, limitações e aplicação na pesquisa clínica.
Esta aula é a primeira de 4 aulas que abordam a metodologia observacional em Psicologia. Tem por objetivo discutir a diferença entre a observação casual e a observação científica, bem como alguns tipos de amostragem para estudos observacionais.
Esta aula tem por objetivo discutir os métodos de observação diretos e indiretos. Nos métodos diretos, discute-se a observação naturalística, a observação participante, a observação estruturada e os experimentos de campo. Entre os métodos indiretos discute-se aqueles a partir de traços e de registros arquivísticos.
Nesta aula são discutidos os registros abrangentes e selecionados do comportamento. Além disso, são discutidos exemplos de escalas de medida nominal, ordinal, intervalar e de razão na pesquisa observacional.
550 resultados encontrados

 

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942