Carregando

Renata Zukanovich Funchal

Ordenar por:   Relevância   |   Título   |   Por data (mais novo ao mais antigo)
78 resultados encontrados
Nessa aula discutimos como incluir partículas com spin no cálculo das seções de choque de espalhamento usando o formalismo de matriz densidade. Exemplificamos com um exemplo simples: uma partícula de spin 1/2 colidindo com um alvo de spin 0 admitindo que o feixe inicial esteja ou não esteja polarizado.
Nessa aula discutimos o final do formalismo da teoria de espalhamento geral, fazendo a conexão entre os elementos de matriz S e probabilidades de transição e taxas de transição. Para deixar o uso do formalismo mais claro terminamos a aula com um exemplo de espalhamento projétil átomo.
Nessa aula introduzimos a noção de ondas planas e discutimos interferência de ondas. Em particular, usamos o fenômeno de batimento para ilustrar os conceitos de velocidade de fase e velocidade de grupo. Discutimos meios dispersivos, onde, em geral, velocidade de fase e de grupo diferem.
Nessa aula discutimos ondas sonoras, que são ondas mecânicas de pressão que podem se propagar em fluidos ou sólidos. Estabelecemos a relação entre mudança de pressão, mudança de densidade e deslocamento obtendo assim as equações de onda para o som. Argumentamos sobre a razão da maioria dos instrumentos musicais serem lineares.
Nessa aula começamos a teoria formal de espalhamento dependente do tempo. Introduzimos a matriz S, a matrix T e encontramos a relação entre esses operadores. Mostramos também a relação entre a matrix S e o operador de evolução temporal.
Nessa aula encontramos a equação para ondas transversais em uma corda homogênea vibrante. Introduzimos a noção de condições de contorno para encontrar os modos normais para uma corda finita presa ou solta nas extremidades. Discutimos também o problema de mudança de meio e as condições de contorno que devem ser obedecidas pela onda na interface entre dois meios.
Nessa aula discutimos vários tipos de ondas com o objetivo de mostrar a prevalência de fenômenos oscilatórios na natureza e ao mesmo tempo discutir as característica similares desses fenômenos que permite classificará-los como ondas. Apresentamos a equação de onda em uma dimensão para ondas em meios não dispersivos e discutimos a sua solução geral em termos de ondas progressivas para a direita e para a esquerda, que por sua vez, podem ser descritas, em determinadas situações, pela série de Fourier.
Nessa aula discutimos a validade da aproximação de Born para o cálculo da amplitude de espalhamento elástico e assim como as consequências da invariância por rotação, paridade e reversão temporal para a amplitude de espalhamento. Discutimos também o formalismo de ondas parciais, que se aplica no caso de potenciais invariantes por rotação, e que é especialmente útil para espalhamentos à baixa energia.
Nessa primeira aula sobre teoria de espalhamento, tratamos o espalhamento elástico. Definimos o problema, encontramos a equação de Lipmann-Shwinger e sua solução formal em termos de uma equação integral. Definimos o que é o operador T, a amplitude de espalhamento, a seção de choque diferencial e a série de Born.
Nessa aula discutiremos os grupos de Lorentz e Poincaré, sua propriedades gerais e suas representações irredutíveis de representação finita (não unitárias) e de representação infinita (unitárias).
78 resultados encontrados

 

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942