Carregando
Página inicial »Exatas » Engenharia Química

Engenharia Química

Há 317 vídeos disponíveis em 17 disciplinas desta profissão
    1 2
17 disciplinas relacionadas a esta profissão

Disciplinas

Experiências em laboratório de caráter multidisciplinar que tem por objetivo colocar o aluno em contato com equipamentos de engenharia e consolidar os conceitos de fenômenos de transporte. O desenvolvimento das atividades inclui montagem, medidas e interpretação de resultados em áreas relevantes da engenharia como cinética e reatores químicos, fenômenos de transporte, operações unitárias e processos químicos industriais. A disciplina permite um programa dinâmico, onde os experimentos poderão ser mudados e/ou revezados em função da evolução dos laboratórios ou necessidades específicas.
Apresentação e aplicação dos fundamentos teóricos das operações unitárias envolvendo transferência de calor e massa. Os tópicos abordados constituem aplicação prática dos conhecimentos desenvolvidos ao longo da disciplina fenômenos de transporte III e são de grande importância para estudos posteriores de processos químicos industriais.
Estudar os conceitos fundamentais e equacionamento dos mecanismos de transferência de energia. Analisar a modelagem de processos e de equipamentos em que ocorram trocas térmicas.
Aprofundar conhecimentos dos mecanismos clássicos de reações de polimerização, com exemplos de sínteses de polímeros de interesse industrial. Apresentar novos mecanismos de reações de polimerização, que estão sendo atualmente estudados na síntese de polímeros com controle de massa molecular, da microestrutura e da arquitetura molecular.
Proporcionar ao aluno uma visão integrada da engenharia química, assim como das etapas envolvidas em projetos de processos químicos industriais. Fornecer ao aluno ferramentas para avaliar e comparar o impacto econômico de novas tecnologias, bem como de modificações em equipamentos e condições operacionais, sobre possíveis processos químicos industriais, um importante parâmetro para a tomadas de decisão dentro da Engenharia Química.
1 - Estimular no aluno a capacidade de atuar como "engenheiro", no sentido de buscar soluções para o desenvolvimento de um processo químico, através da integração dos conhecimentos adquiridos em cada uma das áreas específicas da Engenharia Química. 2 – Estimular o trabalho em equipe e a interação entre grupos
Apresentar os fundamentos dos fenômenos de transporte - quantidade de movimento, calor e massa - e sua aplicação em estudos de processos da engenharia química.
1 - Consolidação e aplicação dos conhecimentos adquiridos em cada uma das áreas específicas do curso de Engenharia Química. 2 – Integração dos conhecimentos da Engenharia Química.
Reconhecer as aplicações dos fenômenos de transporte em processos industriais. Distinguir a aplicação entre os balanços globais e diferenciais. Discernir modelos rigorosos e simplificados. Comparar teoria e fatos. Reconhecer analogias. Interpretar resultados experimentais.
Fazer previsões e explicar acerca dos efeitos sobre as velocidades das reações em vista de: catálise, variação da temperatura, geometria de colisão e concentração dos reagentes. Sugerir leis de velocidade de reação de posse de dados apropriados acerca dos efeitos de concentração, estudar as reações de ordens zero, um e dois. Estudar a aplicação da equação de Arrhenius. Ampliar o entendimento do sentido espontâneo das reações químicas. Entender a função termodinâmica entropia e sua relação com as três leis da termodinâmica. Entender o sentido de energia livre como uma referência para o grau de afastamento entre o sistema e seu estado de equilíbrio. Utilizar a variação da energia livre padrão como uma ferramenta para calcular a constante de equilíbrio para determinado processo. Examinar o conceito de equilíbrio e definir a constante de equilíbrio. Aprender a escrever as expressões das constantes de equilíbrio para reações homogêneas e heterogêneas e interpretar o sentido do quociente reacional. Dar a expressão do produto de solubilidade para um sal e calcular os produtos de solubilidade a partir de solubilidades determinadas experimentalmente e prever se deve ou não ocorrer precipitação. Aplicar os critérios de precipitação. Determinar os efeitos do íon comum. Calcular o pH de uma solução aquosa para sistemas envolvendo ácido ou base fortes ou pelo menos um ácido fraco ou uma base fraca. Entender o funcionamento de soluções-tampão. Estudar as reações envolvendo a formação de íons complexos a partir de espécies muito solúveis e muito pouco solúveis. Realizar uma representação simples para um sistema químico de uma pilha eletrolítica ou “galvânica” observando as convenções-padrão para identificar os eletrodos. Aplicar os princípios de estequiometria aos processos eletroquímicos usando equações balanceadas de semi-reações e o valor da constante de Faraday. Calcular potenciais-padrão de pilhas usando valores tabelados. Utilização da equação de Nernst.
    1 2
17 disciplinas relacionadas a esta profissão

 

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942