Carregando
Página inicial »Humanas » Ciências Sociais

Ciências Sociais

Há 160 vídeos disponíveis em 17 disciplinas desta profissão
    1 2
17 disciplinas relacionadas a esta profissão

Disciplinas

Analisar o esporte e o lazer pelo campo da sociologia; Estudar teóricos de referência na área da sociologia do Esporte e do Lazer; Interpretar o fenômeno esportivo e as suas manifestações na sociedade contemporânea; Promover uma visão crítica da sociologia do Esporte e do Lazer a partir de sua evolução histórica e autores de referência.
Esta disciplina tem por objetivo abordar temáticas presentes, mas em parte resistentes às análises antropológicas como a emoção e a moral. O foco deste curso incidirá sobre a dimensão micro-politica da emoção, dos sentimentos e da moral na (re)construção do tecido social, especialmente em contextos sociais expostos a um tipo de violência reconhecida “sob o signo do horror”, como o Apartheid, por exemplo. Neste sentido, dor, ressentimento, perdão e reconciliação, compaixão e desprezo serão explorados e analisados tanto da forma como ecoam nas relações pessoais e nas negociações cotidianas (na domesticação ou não da violência e do racismo, por exemplo) quanto nos eventos políticos mais amplos (desde revoltas populares às comissões de verdade).
apresentar uma discussão sobre pesquisa de campo
produzir etnografias
Os objetivos principais da disciplina são:
a) Complementar a formação do graduando por meio do exame de questões de vanguarda em sistemas de informação que pelo seu conteúdo, novidade ou complexidade não foram inseridos e discutidos nas demais disciplinas da área
b) Proporcionar ao aluno uma experiência de aprendizado, em termos de conteúdo e métodos pedagógicos, similar àquelas oferecidas nos cursos de pós-graduação strictu sensu.
Discutir diferentes concepções de aprendizagem na perspectiva construtivista, focalizando os movimentos que tiveram expressão no campo da educação em ciências, tais como o de valorização das concepções alternativas, o de mudança conceitual, a ideia de perfil conceitual e aprendizagem significativa.
Trata-se de um curso de leituras em torno dos conceitos de qualidade da democracia, instituições democráticas e cultura política. O foco central da discussão são as relações entre confiança política e accountability. O objeto empírico da discussão é, por um lado, o fenômeno contemporâneo de desconfiança dos cidadãos de instituições políticas e, por outro, o desempenho das instituições de representação, assim como os efeitos de ambos para o funcionamento do regime democrático. Por uma parte, serão examinados os conceitos de cultura cívica e cultura política, qualidade da democracia e confiança política em sua relação com as instituições democráticas, com base na literatura especializada recente; por outra, será discutida a significação da evidência empírica que, desde há algumas décadas, aponta para a perda sistemática ou para a formação incompleta de apoio político dos cidadãos às instituições democráticas - tanto em países de democracia consolidada, como nos que se democratizaram a partir de meados dos anos 70, a exemplo do Brasil. O desempenho do Congresso Nacional será examinado como um caso especial em sua associação com a desconfiança política. O esforço analítico se orientará em sentido comparativo, buscando apontar o significado teórico das diferentes experiências de relação entre a democratização e o modo de funcionamento das instituições.
Possibilitar aos alunos ingressantes no curso de Ciências Sociais uma formação básica e introdutória em Antropologia Social, estabelecendo perspectivas para o aprofundamento de certos instrumentos conceituais, teóricos e metodológicos pertinentes à reflexão antropológica. Possibilitar aos alunos, futuros professores, o conhecimento, reflexão e apresentação de conceitos centrais da antropologia como cultura, etnocentrismo, relativismo cultural, diversidade cultural.
Este curso visa oferecer uma visão da sexualidade como objeto de reflexão e pesquisa na antropologia social, mapeando abordagens, perspectivas teóricas, estratégias metodológicas e seu impacto social e político. Busca-se situar criticamente o interesse que o tema da sexualidade e suas intersecções com outras modalidades de organização e classificação da subjetividade e da experiência social (tais como gênero, raça, etnia, classe e geração) têm despertado nas ciências sociais e no debate público contemporâneo, chamando a atenção para as dinâmicas societárias e culturais envolvidas em processos de formação de identidades e constituição de sujeitos de direitos.
Familiarizar o aluno de Ciências Sociais com os fundamentos teóricos e procedimentos analíticos do estruturalismo, a partir da leitura e discussão da obra de Claude Lévi-Strauss. Explorar o acervo disponível no Laboratório de Imagem e Som da Antropologia para capacitar o aluno, futuro professor, para trabalhar com seus alunos do ensino médio as questões referentes à organização e cultura de diferentes grupos e sociedades.
Este curso busca trilhar o caminho que Habermas percorreu na “Teoria da Ação
Comunicativa” (TAC) para construir o conceito de ação comunicativa. Pretende-se abordar
mais especificamente as questões fundamentais do item “III: Primeira consideração
intermediária: agir social, atividade teleológica e comunicação” da TAC.
    1 2
17 disciplinas relacionadas a esta profissão

 

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942