Carregando
Página inicial »Biológicas » Ciências Biológicas

Ciências Biológicas

Há 276 vídeos disponíveis em 40 disciplinas desta profissão
40 disciplinas relacionadas a esta profissão

Disciplinas

Geral: Compreender o desenvolvimento do pensamento biológico em seus aspectos científicos, relacionado ao contexto filosófico e social de cada época. Compreender a relação entre o desenvolvimento da Biologia com o das outras ciências ao longo da história. Conhecer a história do desenvolvimento do pensamento evolutivo e suas conseqüências para a Biologia como um todo.
Específico: O aluno deverá compreender: (1) a posição da Biologia entre as ciências, e sua relação com os outros ramos do conhecimento humano ao longo da história; (2) o surgimento da Filosofia Natural na Grécia Antiga e o papel ocupado pelo que hoje denominamos de Biologia nesse contexto; (3) alguns elementos da revolução científica e intelectual dos séculos XVI e XVII, da mecanização da imagem do mundo (de Copérnico a Newton) e sua influência sobre a visão de mundo dos biólogos; (4) as primeiras tentativas de explicações materialistas para o mundo vivo ao longo do Iluminismo e as relações entre essas explicações, a religião e as outras ciências, como a Física e a Geologia; (5) o papel da Teologia Natural, desde a Idade Média até o século XVIII, para o desenvolvimento da Biologia; (6) o contexto social e científico do surgimento das teorias evolutivas, em especial Lamarck e Darwin-Wallace; (7) a história da Nova Síntese ou Neodarwinismo como um dos mais importantes movimentos para estruturação conceitual da Biologia Evolutiva moderna; (8) alguns detalhes da história da Sistemática e das mudanças ocorridas nessa disciplina em decorrência das mudanças de visão de mundo dos biólogos; e (9) elementos da história da Biologia Molecular e do seu papel na Biologia.
O estudo da História e Filosofia da Ciência permite a construção de uma visão da Ciência muito diferente daquela que obtemos em uma leitura linear de artigos e livros científicos. Os artigos e livros científicos apresentam conceitos e resultados da pesquisa num determinado tempo. Mas a dimensão histórica da descoberta científica, de sua lógica subjacente e da evolução das idéias geralmente não é abordada na produção científica primária. Isso impossibilita uma compreensão maior, pelos estudantes de ciências, da verdadeira natureza e do processo de desenvolvimento da Ciência e dos debates em torno dessa questão. O resultado é a propagação de concepções equivocadas sobre a natureza da Ciência e sobre os próprios cientistas. A compreensão da história do desenvolvimento das idéias dentro da Biologia é central para que os estudantes possam melhor avaliar não apenas a própria natureza da Biologia, mas, também, adquirir uma visão mais ampla e uma postura mais crítica sobre suas próprias atuações como profissionais de ensino e pesquisa. Além disso, a compreensão do processo histórico de surgimento das idéias biológicas instrumentaliza os futuros professores a ensinar Biologia dentro da mesma perspectiva, evitando uma abordagem atemporal ou a-histórica, vista em quase todo o ensino de ciência atual.
Proporcionar aos alunos uma visão global de conceitos fundamentais da Biologia Molecular, procurando capacitá-lo a compreender os mecanismos moleculares que regem a função celular.
Conduzir o aluno a reconhecer a importância dos microrganismos no meio ambiente e nos agravos à saúde humana; a relacionar os microrganismos entre si e com os demais seres vivos. Despertar o aluno para o papel do profissional de enfermagem na prevenção e controle de doenças infecto-contagiosas. Fornecer noções básicas sobre técnicas de isolamento e identificação de microrganismos e de controle de populações microbianas. Transmitir informações sobre os principais agentes causadores de infecções humanas e seus respectivos mecanismos de controle
Objetivos: Propiciar aos estudantes conhecimentos teóricos e práticos sobre a embriologia, a morfologia, a biologia e a diversidade dos grupos animais mencionados no programa, de tal forma a lhes permitir que possam: 1. Caracterizar e identificar os grandes grupos de animais abordados; 2. Conhecer a diversidade morfológica em cada filo e ser capaz de identificar, dentro dessa diversidade, caracteres que agrupem esses organismos; 3. Conhecer hábitos dos organismos e ambientes nos quais vivem, para saber relacionar as adaptações morfológicas; 4. Analisar as diferentes propostas evolutivas e de prováveis relações de parentesco entre os grupos; 5. Aprimorar a capacidade de observação, muito importante na formação do biólogo.
Estabelecer o conceito de diversidade biológica, enfatizando o papel da evolução como geradora de diversidade e a diversidade como fonte da evolução. Discutir o papel dos fatores ambientais sobre as variações da biodiversidade em diferentes escalas espaciais e temporais. Promover a integração de conceitos evolutivos fundamentais para o estudo da diversidade e a sua relação com fatores bióticos e abióticos. Fomentar a reflexão sobre o papel do professor em sala de aula mediante a discussão das estratégias usadas na própria disciplina pelo corpo docente. Capacitar o aluno para algumas das abordagens usadas pelos biólogos em pesquisas de campo, fornecendo noções de seus princípios teóricos e fundamentos metodológicos por meio de uma saída a campo. Fundamentar o entendimento do papel do biólogo na sociedade.
O objetivo principal é fazer com que o aluno de Odontologia conheça os aspectos morfológicos e estruturais bacterianos, os nutrientes e fatores necessários para o crescimento bacteriano e seu metabolismo. Também, deverá conhecer a genética bacteriana, os antimicrobianos com seus mecanismos de ação e de resistência bacteriana. Deverá conhecer os métodos de controle de microrganismos por agentes físicos e químicos. Conhecimento do papel que desempenha a microbiota residente na saúde e na doença. Deverá conhecer as características gerais dos virus e fungos, morfologias, e formas de multiplicação e controle dos mesmos. Entenderá como agem os fatores de virulência, patogenia, e formas de transmissão, epidemiologia, controle e diagnóstico dos principais patógenos para ser humano (bactérias, fungos e vírus) na área médica-odontológica. No laboratório, por meio das aulas práticas, o aluno conhecerá os procedimentos utilizados no isolamento, identificação, determinação da susceptibilidade a drogas antimicrobianas e no controle da população bacteriana e fúngica.
Fornecer conhecimentos básicos de bacteriologia, micologia e virologia, introduzindo os conceitos e práticas relativas ao diagnóstico microbiológico das principais doenças infecto-contagiosas de interesse em Medicina Veterinária, bem como em Saúde Pública.
Geral: Dar aos alunos noções fundamentais sobre os aspectos gerais do metabolismo celular, seus mecanismos de regulação e bioenergética.
Específico: Desenvolver nos alunos a habilidade de interpretar, resolver exercícios, responder a questões, tirar conclusões e desenvolver atividade crítica que permita análise objetiva dos processos do metabolismo celular.
Apresentar a diversidade de estruturas morfo-anatômicas das plantas associada aos processos metabólicos que em elas ocorrem, em nível molecular, celular, tecidual e do organismo, ao longo do ciclo de vida.
40 disciplinas relacionadas a esta profissão

 

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942