Carregando

Regulações e políticas (2): Roda de conversa com Lucas Bulgarelli, Natália Lago e Paula Alegria Sexualidade, gênero, juventude, família e ativismos em disputa.

por Julio Assis Simoes

Recomendar
     
Gostei (0)

Licença de uso

Acesso Simples (Azul)
Esta licença permite ao usuário somente assistir ao conteúdo do e-Aulas USP na plataforma, sendo vedada sua cópia e/ou redistribuição. Esta licença não permite o download do vídeo por nenhum usuário.

Sobre a aula

Lucas Bulgarelli, Natália Lago e Paula Alegria apresentam resultados e discussões de suas pesquisas que tratam de
regulações de sexualidade, gênero, juventude e família, em relação a políticas governamentais e ativismos no campo da educação e da segurança.

Disciplina

FLS5234-4 Sexualidade, Cultura e Política

EMENTA

Os pontos de partida são: 1) a revisão crítica da relação entre sexualidade, gênero e parentesco, na antropologia clássica; e 2) a conceituação da sexualidade como produto histórico e cultural, associado modernamente a estratégias de regulação e disciplina social. A partir daí, busca-se salientar a importância do exame dos processos de reiteração e naturalização das ideias dominantes sobre sexualidade, sexo e gênero, como também chamar atenção para a fluidez e instabilidade das categorias classificatórias, identidades sexuais e expressões de gênero, documentando os modos como sexualidades, corpos e gêneros são feitos na prática cotidiana, ao longo das trajetórias de vida, em relação a outros eixos de diferenciação social, notadamente raça, classe e geração.

Os tópicos e a bibliografia abordados no curso disciplina serão especificados no Programa da Disciplina. A bibliografia abaixo relacionada reúne algumas das obras de referência para a discussão.

Objetivo

Este curso visa oferecer uma visão da sexualidade como objeto de reflexão e pesquisa na antropologia social, mapeando abordagens, perspectivas teóricas, estratégias metodológicas e seu impacto social e político. Busca-se situar criticamente o interesse que o tema da sexualidade e suas intersecções com outras modalidades de organização e classificação da subjetividade e da experiência social (tais como gênero, raça, etnia, classe e geração) têm despertado nas ciências sociais e no debate público contemporâneo, chamando a atenção para as dinâmicas societárias e culturais envolvidas em processos de formação de identidades e constituição de sujeitos de direitos.

Índice de vídeos da disciplina

  1. Regulações e políticas (1) Estratificação sexual, direitos sexuais e movimentos LGBTI+
  2. Regulações e políticas (2): Roda de conversa com Lucas Bulgarelli, Natália Lago e Paula Alegria Sexualidade, gênero, juventude, família e ativismos em disputa.
  3. Regulações e políticas (3): Queer, pós-queer e além.
  4. Sexualidade e gênero na antropologia clássica: uma retomada crítica (1)
  5. Sexualidade e gênero na antropologia clássica: uma retomada crítica (2) alguns exemplos etnográficos sobre "diversidade sexual e de gênero"
  6. Diversidade sexual e de gênero: abordagens socioantropológicas nos anos 1960 e 1970
  7. Diversidade sexual e de gênero. Estudos de homossexualidade no Brasil no ultimo quarto do século XX: identidade, política, diferença.
  8. O parentesco é sempre tido como heterossexual?
  9. Aliança, sexualidade, casamento
  10. Outras lógicas relacionais (1): exemplos ameríndios (com Diego Madi Dias)
  11. Outras lógicas relacionais (2): sangue e consideração, família de escolha, amizade.
  12. Sexualidade, raça, império, nação
Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942