Carregando

Cursos USP - História do Brasil Colonial II - Aula 8 - Motins e Sedições: os padrões de contestação política - Parte 3

por João Paulo Garrido Pimenta

Incorporar
Recomendar
     
Gostei (1)

Formatos disponíveis

Assista a esse vídeo em: MP4 (540 X 360 px)

Licença de uso

Acesso Simples (Azul)
Esta licença permite ao usuário somente assistir ao conteúdo do e-Aulas USP na plataforma, sendo vedada sua cópia e/ou redistribuição. Esta licença não permite o download do vídeo por nenhum usuário.

Sobre a conferência

Nesta aula do curso Apogeu, crise e fim da colonização portuguesa na América, na Faculdade de História e Geografia da USP, o professor João Paulo Pimenta mostra que os conflitos durante a colonização portuguesa no Brasil ocorriam por diferentes motivos. Por ser uma economia agrária e, portanto, instável, a safra insuficiente poderia causar fome e consequentes levantes entre os colonos. O não pagamento do soldo aos milicianos (não havia ainda exército formal) era outra causa recorrente dos movimentos de contestação. Segundo o professor, a maioria desses conflitos, fora a Inconfidência Mineira, tinha características conservadoras. Em geral lutava-se para que fosse restabelecida uma situação anterior que fora perdida e não para mudar o mundo.

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-3290