Carregando

Motins e sedições: os padrões de contestação política - parte 2

por João Paulo Garrido Pimenta

Incorporar
Recomendar
Download
     
Gostei (15)

Formatos disponíveis

Assista a esse vídeo em: FLV (720 X 480 px)

Licença de uso

Acesso Aberto (Verde)
Esta licença permite ao usuário copiar o conteúdo do e-Aulas USP, porém veta qualquer alteração e/ou sua utilização para fins comerciais ou não educacionais, autorizando seu compartilhamento sob licença com as mesmas características, desde que se atribua crédito aos autores. Esta licença permite o download do vídeo para usuários logados no sistema.

Disciplina

FLH0242-8 História do Brasil Colonial II

EMENTA

A
1 - O problema e a historiografia
2 - A América Portuguesa do Século XVIII - o todo e as partes
3 - Sociedade colonial: o rural e o urbano
4 - Sociedade colonial: contradições, tensões, conflitos
5 - A violência como elemento constitutivo e coesivo do sistema social: o escravismo.
6 - A organização do poder: centro e periferias
7 - A sedições: sintomas da crise geral do sistema imperial
8- As sedições como elaboração de alternativas para a crise do Estado.
9- O colapso do Antigo Regime: permanência e mudança na construção do Estado nacional brasileiro.
10- Conclusões

B

1. A ocidentalização da empresa colonial
2. A pecuária e os caminhos do sertão
3. As missões no sertão: religião e império
4. A Guerra dos Bárbaros: política indigenista
5. A Guerra dos Palmares: escravidão e resistência
6. Metais e pedras preciosas: a descoberta das minas
7. Impactos da economia mineradora na sociedade colonial
8. O barroco mineiro: vida urbana e cultura nas Minas Gerais
9. As tensões sociais: revoltas anti-fiscais, rebeliões e nativismo
10. As lutas no sul do Brasil: redefinindo Tordesilhas
11. No signo de Pombal: monarquia ilustrada e reforma
12. A crise do antigo sistema colonial: caminhos para a independência

Objetivo

A disciplina História do Brasil Colonial (I e II) tem como proposta básica discutir as linhas mestras de constituição, desenvolvimento e crise da colonização portuguesa no continente americano entre os séculos XVI e XIX (primeiras duas décadas). Abordando temas específicos ligados a sociedade, economia, política e cultura, a disciplina visa oferecer três linhas de abordagem principais: 1) traços gerais de estruturas e processos históricos que caracterizem os temas específicos a serem abordados; 2) debates e interpretações historiográficas que posicionem tais temas no universo da permanente constituição do saber histórico; 3) trato com documentação primária e com demandas de pesquisa em aberto.
Ainda que os cursos oferecidos por cada professor da disciplina possuam feições próprias a depender dos recortes, temas e métodos adotados, de modo geral História do Brasil Colonial I (1º semestre) tem como periodização os séculos XVI e XVII, enquanto que História do Brasil Colonial II enfoca os séculos XVIII e XIX (até 1822

Índice de vídeos da disciplina

  1. O ouro do Brasil e a economia mundial - parte 1
  2. O ouro do Brasil e a economia mundial - parte 2
  3. O ouro do Brasil e a economia mundial - parte 3
  4. A Sociedade das Minas Gerais - parte 1
  5. A Sociedade das Minas Gerais - parte 2
  6. A Sociedade das Minas Gerais - parte 3
  7. O Reformismo Ilustrado e a América portuguesa - parte 1
  8. O Reformismo Ilustrado e a América portuguesa - parte 2
  9. O Reformismo Ilustrado e a América portuguesa - parte 3
  10. Fronteiras coloniais e limites no século XVIII - parte 1
  11. Fronteiras coloniais e limites no século XVIII - parte 2
  12. Escravidão, tráfico negreiro e escravismo, séculos XVIII e XIX - parte 1
  13. Escravidão, tráfico negreiro e escravismo, séculos XVIII e XIX - parte 2
  14. Escravidão, tráfico negreiro e escravismo, séculos XVIII e XIX - parte 3
  15. Literatura e cultura letrada - parte 1
  16. Literatura e cultura letrada - parte 2
  17. A Ideia de Brasil no século XVIII - parte 1
  18. A Ideia de Brasil no século XVIII - parte 3
  19. A Ideia de Brasil no século XVIII - parte 2
  20. Motins e sedições: os padrões de contestação política - parte 1
  21. Motins e sedições: os padrões de contestação política - parte 2
  22. Motins e sedições: os padrões de contestação política - parte 3
  23. O debate historiográfico em torno da “crise do Antigo Sistema Colonial” - parte 1
  24. O debate historiográfico em torno da “crise do Antigo Sistema Colonial” - parte 2
  25. A Corte no Brasil e as reconfigurações do Império Português - parte 1
  26. O debate historiográfico em torno da “crise do Antigo Sistema Colonial” - parte 3
  27. A Corte no Brasil e as reconfigurações do Império Português - parte 2
  28. A Corte no Brasil e as reconfigurações do Império Português - parte 3
  29. A Independência e a formação do Estado e da nação - parte 1
  30. A Independência e a formação do Estado e da nação - parte 2
  31. A Independência e a formação do Estado e da nação - parte 3
  32. A parte e o todo: a dinâmica da colonização, séculos XVI-XIX - parte 1
  33. A parte e o todo: a dinâmica da colonização, séculos XVI-XIX - parte 2
  34. A parte e o todo: a dinâmica da colonização, séculos XVI-XIX - parte 3
Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-3290