Carregando
Incorporar
Recomendar
Download
     
Gostei (7)

Formatos disponíveis

Assista a esse vídeo em: MP4 (1280 X 720 px) | MP4 (640 X 360 px)

Licença de uso

Acesso Aberto (Verde)
Esta licença permite ao usuário copiar o conteúdo do e-Aulas USP, porém veta qualquer alteração e/ou sua utilização para fins comerciais ou não educacionais, autorizando seu compartilhamento sob licença com as mesmas características, desde que se atribua crédito aos autores. Esta licença permite o download do vídeo para usuários logados no sistema.

Sobre a aula

Estudo da digestão em ruminantes. Conceitos básicos aplicados ao estudo da digestão. Métodos in vitro, in situ e in vivo utilizados para o estudo da digestão ruminal e total em ruminantes. Estudos do modelo de Orskov e do modelo de Mertens para estudo da taxa de digestão in situ em ruminantes.

Disciplina

ZQP5831-2 Métodos e Modelos para Estudo do Metabolismo e Dinâmica Ruminais.

EMENTA

1) Introdução ao estudo do rúmen. Estudo da taxonomia e evolução dos animais ruminantes. Desenvolvimento do pré-estomago dos ruminantes e teorias evolutivas da origem dos ruminantes. Princípios de morfologia e fisiologia do pré-estômago, com destaque ao rúmen.

2) Estudo do consumo e comportamento alimentar. Introdução ao estudo da ingestão de matéria seca em ruminantes e teorias explicativas. Apresentação das técnicas diretas e indiretas para avaliação do consumo de matéria seca, como destaque às suas vantagens e desvantagens. Uso de indicadores internos e externos para quantificação do consumo de matéria seca. Técnicas para avaliação do comportamento alimentar e sua associação com dados de consumo e desempenho animal.

3) Estudo da fermentação ruminal. Estudo dos conceitos de fermentação ruminal aplicada à nutrição de animais ruminantes, com destaque às técnicas disponíveis para avaliação e quantificação da eficiência energética pela conversão de carboidratos em ácidos graxos de cadeia curta. Destaque às técnicas in vitro e in vivo de estudo da eficiência de fermentação ruminal. Estudos dos modelos de Gompertz, de Groot, de France e o modelo Bicompartimental para ajuste de dados em estudos de fermentação in vitro.

4) Estudo da dinâmica ruminal. Introdução, importância e conceitos básicos aplicados ao estudo da dinâmica ruminal. Cinética de passagem e cinética de digestão ruminal. Fatores que afetam a cinética ruminal. Métodos diretos e indiretos para estudo da cinética ruminal. Modelos uni, bi e multicompartimentais para estudo da cinética ruminal, com destaque à modelagem matemática da cinética. Estudos dos modelos unicompartimentais de Czerkawskide e de Ellis, bem como do modelo bicompartimental de Grovum para ajuste de dados em estudos com taxa de passagem ruminal.

5) Estudo da digestão em ruminantes. Conceitos básicos aplicados ao estudo da digestão. Métodos in vitro, in situ e in vivo utilizados para o estudo da digestão ruminal e total em ruminantes. Uso de marcadores internos e externos para estudo da digestão, com destaque às suas limitações, vantagens e desvantagens. Estudos do modelo de Orskov e do modelo de Mertenz para estudo da taxa de digestão in situ em ruminantes.

6) Emissão de metano por ruminantes. Introdução à sustentabilidade e importância da emissão de metano por ruminantes. Princípios de eficiência e perda de energia no processo fermentativo ruminal. Métodos in vitro, in vivo e ex situ de quantificação das emissões de metano. Vantagens e desvantagens do uso de técnicas em câmaras respirométricas, gás traçador SF6, máscara facial e outras para quantificação das emissões de metano entérico.

Objetivo

São objetivos da presente disciplina de Pós-Graduação fornecer ao aluno conhecimentos básicos e suporte crítico para a adequada escolha e utilização das diferentes ferramentas metodológicas comumente disponíveis para estudo do metabolismo e da dinâmica ruminais em animais de produção. Somam-se a esses objetivos fornecer subsídios para a correta modelagem matemática e interpretação de dados coletados em experimentos que fazem usos dessas diferentes metodologias.

Índice de vídeos da disciplina

  1. Degradabilidade in situ
  2. Princípio de SAS
  3. Modelo de Mertens
  4. Como selecionar modelos
  5. Produção de gases in vitro
  6. Modelo de Orskov
  7. Modelo de Gompertz
  8. Modelo de Groot
  9. Modelo Logístico Bicompatimental
  10. Marcadores de fluxo
  11. Avaliação dos estudantes
  12. Princípios de passagem de sólidos
  13. Passagem de líquidos
  14. Modelo Unicompatimental de Czerkawski
  15. Passagem de líquidos - Modelo
  16. Modelos de passagem de solidos
  17. Modelo Unicompartimental de Ellis
  18. A pecuária e o aquecimento global
  19. Exercício de Silvio Antunes
  20. Morfologia ruminal - Prática
  21. Modelo Bicompartimental de Grovum
  22. Exercício de Daniel Sant'Anna
  23. Exercício de Gabriela Bagio
  24. Exercício de Filipe Pinheiro
  25. Exercício de Thamires Sturion
  26. Exercício de Fernando Augusto Cançado
  27. Exercício de Rafaela Scalise
  28. Exercício de Paulo César Dias
  29. Exercício de Ana Laura Lelis
  30. Exercício de Larissa Gheller
  31. Exercício de Victor Federico dos Anjos
  32. Exercício de Analisa Bertoloni
  33. Exercício de Terezinha de Souza
  34. Exercício de Helena Bezerra
  35. Exercício de Sophia Cattleya
  36. Exercício de Matheus Carlis
  37. Exercício de Roberta Cracco
  38. Exercício de Julian Padovan
  39. Exercício de Willian Andrade
  40. Exercício de Evandro Dias
  41. Exercício de Murilo Trettel
  42. Exercício de Danielle Fonseca
  43. Exercício de João Marcos Moraes
  44. Exercício de Danilo Brito
  45. Exercício de Cristiane Tropaldi
  46. Exercício de Alice Peres
  47. Exercício de Thaís Chequer
Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942