Carregando
Página inicial »Biológicas » Medicina e Ciências Médicas

Medicina e Ciências Médicas

Há 200 vídeos disponíveis em 26 disciplinas desta profissão
26 disciplinas relacionadas a esta profissão

Disciplinas

Nesta disciplina, objetiva-se fornecer informações e conceitos fundamentais sobre o acesso integrado às imagens médicas, padrões existentes e a aplicação da informática no processamento de imagens em Cardiologia. Serão abordados os modelos e os princípios físicos de formação das imagens das principais modalidades em Cardiologia, quais sejam, Raio-X, Tomografia, Ressonância Magnética, Ultra-som, Tomografia de Coerência Óptica (OCT) e Medicina Nuclear, além de fornecer conhecimentos básicos em processamento digital de imagens, tais como discretização, contraste, filtragem, compressão, tomografia e quantificação. Serão também desenvolvidos os conceitos modernos da integração de informações clínicas com imagens, em especial o PACS (Picture Archiving and Communication Systems).
Possibilitar ao aluno a oportunidade de aplicar todos os seus conhecimentos relativos à Ética, Bioética e Direito Médico na prática médica cotidiana, por meio da discussão de casos concretos, num contexto de integração com as disciplinas clínicas concomitantes.
- Capacitar o estudante a identificar e descrever a anatomia macroscópica e microscópica do Sistema Nervoso central, periférico e autônomo, incluindo os órgãos dos sentidos, as formações embriológicas que lhes deram origem, bem como de seu desenvolvimento pós-natal.
- Capacitar o estudante a identificar e descrever a organização estrutural do Sistema Nervoso, associado às vias neurais e suas correspondências com aspectos funcionais e de aplicação.
- Capacitar o estudante a identificar e descrever as principais funções do sistema nervoso central, periférico e autônomo de maneira específica e integrada.
- Capacitar o aluno a identificar e descrever a anatomia macroscópica e microscópica do Sistema Nervoso Central e Periférico, inclusive dos órgãos dos sentidos especiais e, as formações embriológicas que lhes deram origem, bem como de seu desenvolvimento pós-natal; identificar e descrever a organização estrutural do Sistema Nervoso, associado às vias neurais e suas correspondências com aspectos funcionais e de aplicação.
- Capacitar o aluno a identificar e descrever as principais funções do sistema nervoso central, periférico e autônomo, de maneira específica e integrada
A disciplina de Farmacologia para o curso de Terapia Ocupacional tem como objetivo transmitir conhecimentos básicos em farmacologia que atenda às necessidades de uma formação mais abrangente do profissional em Terapia Ocupacional.
Gerais:
Capacitar o estudante a compreender mecanismos gerais pelos quais fármacos modificam processos fisiológicos e/ou fisiopatológicos.
Específicos:
Capacitar o aluno a compreender os princípios gerais de farmacodinâmina e farmacocinética.
Capacitar o aluno a compreender os aspectos farmacológicos fundamentais (mecanismos de ação e farmacocinética, efeitos terapêuticos e adversos) dos fármacos empregados no controle de funções e disfiinções cardiovasculares, respiratórias, de coagulação, digestivas, endócrinas, reprodutores, urinárias, imunológicas, neurológicas e psiquiátricas, bem como no controle da dor, reações inflamatórias, infecções, infestações e neoplasias.
O estudante da área de saúde, nas atividades nos cenários de práticas, torna-se cuidador precoce e às vezes depositório de angústias, dores e anseios de familiares e pacientes. .Consideramos que a universidade tem um papel importante na construção, multiplicação de conhecimentos e no desenvolvimento de propostas que melhorem as condições de vida e saúde dos estudantes. É importante propiciar uma disciplina que auxilie o estudante a gerenciar seus anseios e angustias e o autocuidado para diminuir a vulnerabilidade do estudante durante sua permanência na Universidade, pois o sofrimento psicológico pode ter implicações no processo de aprendizagem e do seu futuro profissional.
Acontecimentos e pesquisas contemporâneas apontam que tal visão crítica, precisa incluir reflexões (e ações) sobre processo pessoal de saúde-doença-cuidado. Dito de outra forma, a oferta de um cuidado integral para o outro está atrelado ao cuidado de si, também pode e precisa ser integral. A partir da perspectiva da promoção da saúde, entende-se que parte essencial deste cuidado sejam abordagens que valorizem e fortaleçam práticas (individuais e coletivas) que favoreçam a saúde e a percepção de bem-estar/felicidade.


Espera-se que ao final da disciplina os estudantes estejam aptos a:
• Identificar, compreender e praticar o conceito ampliado de saúde no cuidado de si;
• Aprender conceitos de promoção da saúde em diferentes dimensões;
• Realizar, refletir e avaliar o impacto de práticas voltadas a promoção da própria saúde e bem -estar
Ao final do Curso, o aluno deverá ser capaz de ministrar as medidas iniciais de suporte básico de vida a uma vítima de agravo agudo à saúde em situações de pouco recurso e desencadear o processo de resgate e socorro.
A disciplina oferece ao estudante uma visão ampla e interdisciplinar sobre o consumo de álcool e seu impacto na saúde e na sociedade. O objetivo central é sensibilizar e engajar os estudantes na prevenção e redução do uso nocivo de álcool, bem como promover qualidade de vida e hábitos saudáveis de socialização. Para isso, a disciplina traz uma proposta educativa e reflexiva, com o fornecimento de informações científicas atualizadas e de qualidade, em linguagem acessível e adequada para diferentes públicos-alvo (comunidade USP e alunos do Ensino Médio).
Objetivos específicos: a) apresentar um panorama atualizado sobre o uso do álcool e seu impacto na saúde e na sociedade; b) destacar avanços e desafios do Brasil, tendo em vista a meta global da Organização Mundial da Saúde para a redução de 10% no consumo nocivo de bebidas alcoólicas, até 2025; c) destacar pontos de atenção e de interesse dos diferentes públicos-alvo da disciplina; d) incentivar mais ações de prevenção, intervenção ou tratamento do uso nocivo de álcool.
- Apresentar aos alunos da pós-graduação quais são os conhecimentos, as habilidades e as atitudes que necessitam ser desenvolvidas para possibilitar, a partir da concepção da ideia, a obtenção de uma marca e patente.
- Estimular a criatividade do pós-graduando na geração de produtos inovadores, que possam se tornar marcos com seu domínio institucional garantido.
26 disciplinas relacionadas a esta profissão

 

Pró-Reitoria de Graduação
Telefone: +55 11 3091-9942